Cresce em 86% o número de atendimentos da equipe de Fisioterapia do São Vicente

Nos primeiros oito meses de 2020 a equipe de Fisioterapia do Hospital de Caridade São Vicente de Paulo (HSV) realizou cerca de 52 mil atendimentos a pacientes de Jundiaí e região. A média tem sido de 6.500 atendimentos ao mês, número que vem sendo superado ano a ano. Em 2016, a média do ano foi de 3.500 procedimentos/mês, neste ano a equipe alcança a maior série histórica da especialidade.

De acordo com o coordenador da Fisioterapia do HSV, Daniel Gimenez Rocha, dentre as principais ações realizadas pela equipe destacam-se: reabilitação motora; a fisioterapia respiratória para a reabilitação pulmonar após alguma doença que atinja o órgão; e “desmame” de ventilador mecânico, que consiste na interrupção gradual do suporte ventilatório.

Ele explica que este salto de 86% nos últimos anos se deve a uma série de fatores, que foram sendo implantados de forma gradativa e planejada. Destaca que a melhoria é fruto do trabalho conjunto da equipe de fisioterapia com equipes multidisciplinares. “Não há relação com a covid-19, as melhorias foram sendo realizadas ano a ano. Reorganizamos a equipe otimizando nossos profissionais e nossos recursos; adequamos nossas ferramentas tecnológicas; implantamos protocolos assistenciais; modificamos escalas especialmente no período noturno e aos finais de semana; melhoramos a metodologia de faturamento; e estimulamos o uso racional de materiais e equipamentos”, enumera Gimenez.

Para os pacientes que necessitam da terapia, este avanço significa mais pessoas sendo tratadas ao mesmo tempo. “O número de sessões indicadas para cada paciente não muda. O que altera é que agora temos um número maior de pacientes atendidos no mesmo espaço de tempo, sem que haja necessidade de novos investimentos e fazendo o melhor uso de nossos recursos”, finaliza.

Posts Relacionados