No Dia dos Pais, São Vicente usa tablets para viabilizar contato de pacientes internados em isolamento e suas famílias

Com a ajuda da tecnologia este domingo, dia dos pais, teve a distância encurtada entre pacientes internados em isolamento no Hospital de Caridade São Vicente de Paulo (HSV) devido à covid-19, e seus familiares. Com foco na humanização hospitalar, a equipe de psicologia do Hospital, colocou pais internados em contato com suas famílias por meio da ajuda de um tablet. A ação foi realizada pela primeira vez no dia das mães. 

Com alegria a família do paciente Marinho Aparecido Araujo, 44 anos, internado desde o dia 03 deste mês, recebeu a ligação. “Gostamos muito da iniciativa, ele pôde ver toda a família, especialmente as três filhas”, disse a esposa Walmira Ap. Pereira. “Eu agradeço a Deus e ao hospital, é bom saber que ele está em boas mãos e sendo bem atendido. Tudo isso nos deixa mais tranquilos”, afirma. Durante a ligação, Marinho se emocionou, conversou, deu risadas e deu tempo até de dar uma bronca: “Eu estou bem, estou com muita saudade, mas cadê as máscaras de proteção de vocês?” indagou.

Outro paciente que teve a oportunidade de fazer a videochamada para a família foi Alex Koitsi Katayama, 42 anos, internado desde 02 de agosto, que também comemorou o aniversário neste domingo. A surpresa foi dupla: contato com a família e uma pizza especial, que foi providenciada pela equipe médica e assistencial. Enquanto falava com a família, o grupo entrou no quarto cantando o tradicional “parabéns” e assim a festa foi completa. “Estão vendo como estou sendo bem tratado aqui?”, disse o paciente à família com um largo sorriso. 

A esposa de Alex, Elizete Graziele Sakamata, comemora a recuperação do marido. “É muito bom poder ver ele e saber que está bem, com a distância, não temos notícias a toda hora. Ele está melhorando a cada dia e amanhã terá alta”, festeja. E nesta segunda-feira, dia 10, para alegria de toda a família, o paciente teve alta médica.

Para o paciente Jorge Luiz de Rezende, 38 anos, que está internado desde o dia 04, a grande emoção foi ver o filho de 4 aninhos. “Eu achei maravilhoso, podiam inclusive ter mais ligações como esta”, diz a esposa Vanessa Soares Ribeiro. “O mais marcante foi ele e o filho terem a oportunidade de se ver via celular, nosso filho ficou muito feliz”, comenta ela sobre a data especial.

“Ficamos com uma sensação de leveza e paz ao ver que ele está bem”, disse a esposa de Eduardo de Oliveira, Juliana Marques Oliveira, paciente de 37 anos e que internou no dia 08. “É uma ação muito humanizada do hospital, que demonstra a preocupação de lembrar sempre do próximo, do paciente e de seus familiares”, elogia Juliana. Na ligação de vídeo, ele pôde ver a esposa e filhos e conversar um pouquinho com todos.   

“É uma iniciativa simples, mas muito positiva. Este encontro virtual deixa o paciente mais calmo e animado contribuindo para que a internação seja menos dolorosa e angustiante. A família fica mais tranquila, pois apesar de receber o boletim médico diariamente, ver e falar com o paciente faz toda a diferença”, conclui a psicóloga Sandra Lança, que acompanhou a ação.

Entre os pacientes, a psicóloga Nayara Pancelli, que também participou da atividade, o sentimento é de gratidão. “Pacientes relataram que ficaram felizes com a iniciativa, ficando emocionados e agradecidos por esta ação”, destaca.

Posts Relacionados