Priorizando a saúde dos colaboradores e o meio ambiente, Hospital São Vicente adere campanha vegetariana

A campanha “Segunda Sem Carne”, da Sociedade Vegetariana Brasileira, é mais um dos projetos aderidos pelo Hospital de Caridade São Vicente de Paulo (HSV) em busca da melhoria na qualidade de vida de seus colaboradores. O programa tem como objetivo reduzir o consumo de carne, restringindo a ingestão da proteína por pelo menos uma vez na semana, além de conscientizar a população sobre os impactos que a ação tem sobre os animais, a sociedade, a saúde humana e o planeta. 

Viabilizado e coordenado pelo Serviço de Nutrição e Dietética (SND), a instituição fará a substituição da carne por refeições como quibe de abóbora, quiche de abobrinha e lasanha de espinafre, por meio das receitas disponíveis no site da organização responsável. Com o objetivo de mobilizar a rede de funcionários, a ação é um convite para que os mesmos experimentem novos hábitos e sabores, além de salientar para a importância das escolhas individuais no cuidado com o ecossistema. “Para a produção de 1 quilo de carne, são liberados na camada de ozônio aproximadamente 335g de gás carbônico (CO2), além da alta demanda de água e terra”, complementa a supervisora do SND, Thaís Nunes Freire. 

A profissional também explica que a iniciativa contribui para a prevenção de doenças como câncer, obesidade e diversos tipos de problemas cardiovasculares, já que o consumo de carne está associado ao desenvolvimento de patologias crônicas. Os benefícios são incontáveis.  

A analista de educação no setor de Universidade Corporativa, Natália Moraes Arruda, conta que se tornou vegetariana há aproximadamente três anos e aprova a iniciativa. “Comecei a me incomodar, a me sentir mal quando comia carne e isso me motivou a mudar os hábitos alimentares. Comer deve ser um ato prazeroso, mas possuímos uma responsabilidade com o planeta e devemos fazer nossa parte para preservá-lo. Essa ação é excelente, oferece benefícios tanto para quem é vegetariano, quanto para os outros colaboradores que não são. Um dia sem carne parece pouco, mas já faz uma diferença enorme para o meio ambiente”.

O setor já iniciou as adequações para a implantação do programa, prevista para o mês de abril. Para saber mais sobre a iniciativa, visite o site: http://segundasemcarne.com.br/.

Posts Relacionados