Hospital São Vicente investe no crescimento profissional de funcionários

A valorização dos colaboradores faz parte do programa de desenvolvimento pessoal criado pelo Hospital de Caridade São Vicente de Paulo (HSV), a fim de estimular a qualificação dos funcionários e oferecer novas oportunidades de promoção dentro da instituição. Denominada “Banco de Talentos”, a iniciativa já beneficiou mais de 200 trabalhadores nos últimos dois anos. 

A analista de recursos humanos, Susan Resende, explica como é realizado o processo de seleção, efetuado pela auxiliar de recursos humanos I, Ângela Cristina Moraes Schimit e a assistente de recursos humanos III, Mayara Caroline Carvalho Muniz. “Quando ocorre a abertura de uma vaga, seja após um pedido de demissão, desligamento ou aumento de quadro, divulgamos internamente para que os interessados possam se inscrever. Entre os critérios estão o tempo de trabalho dentro da instituição, não ter faltas, advertências e suspensões vigentes. Depois desse processo, cada cargo tem um critério específico de acordo com a formação exigida e complexidade. Vale lembrar que o programa também é aberto para os colaboradores que atuam nas unidades externas como por exemplo o SAMU, Pronto Atendimento e Policlínicas”.

Dentre os profissionais promovidos estão auxiliares que passaram para técnicos de enfermagem, técnicos para enfermeiros, auxiliares de cozinha que se tornaram auxiliares de farmácia, agentes administrativos promovidos para supervisores administrativos, vigias que viraram auxiliares de enfermagem, entre outros. “Sempre consideramos as competências e habilidades que os colaboradores já possuem, bem como as que estão sendo desenvolvidas”, completa Susan.

A colaboradora Zenaide Gomes da Silva era auxiliar de limpeza e foi promovida para vigia. “Tem muitos funcionários, principalmente no setor de higiene, que buscam crescer profissionalmente. Se dedicam aos estudos, fazem cursos, se esforçam e tudo sempre em busca de qualificação. Por isso, é muito legal que o hospital tenha esse tipo de programa, que ofereça essa oportunidade para nós. Estou nessa função há dois meses e me sinto muito feliz em ter sido escolhida para compor o time do controle de acesso”, comemora a funcionária.

Posts Relacionados